CASTANHA SAPUCAIA

Lecythis usitata Huber Lecythidaceae

DISTRIBUIÇÃO GEOGRÁFICA

Ocorre nas várzeas, e mais raramente na terra firme em toda a região amazônica, principalmente nos Estado do Amazonas e Pará.

DENOMINAÇÕES VULGARES

Castanha sapucaia, sapucaia.

CARACTERÍSTICAS GERAIS DA ÁRVORE

Árvore de médio a grande porte, atingindo até 40 m e mais de 1,5 de diâmetro; tronco reto, casca marrom, fissurada.

Folha alternas, oblongas, lanceolado-oblongas, de 12cm de comprimento por 8 cm de largura, ápice progressivamente acuminado e base cuneado-arredondada ou arre-dondada com pecíolo curto, decurrente e margem com pequenos recortes irregulares, mais ou menos crenada. lnflorescência racemosa pauciflora, com flores roxo-pálido, esbranquiçadas quando velhas, odoríferas, ás vezes terminais. Fruto, pixídio cam-panulado 25 × 22 cm (geralmente menor) com pericarpo lenhoso de 2 cm de espessura, com espesso rebordo situado acima do meio, abrindo-se por um opérculo na parte superior; parte inferior convexa, encerrando várias sementes.

CARACTERÍSTICAS GERAIS DA MADEIRA

Madeira muito pesada (0.80 a 1,00 g/ cm3); alburno bege amarelado, diferente do cerne castanho avermelhado; grã direita; textura média; cheiro e gosto imperceptíveis. Moderadamente difícil de trabalhar, recebendo bom acabamento. Bastante durável e resistente.

DESCRIÇÃO ANATÔMICA MACROSCÓPICA

Poros apenas notados a olho nu, poucos, pequenos e médios, solitários ou múltiplos, às vezes formando pequenas cadeias, obstruídos por tilos. Linhas vasculares altas. Raios vistos apenas sob lente, muitos; no plano tangencial são visíveis apenas com auxílio de lente, baixos e dispostos de maneira irregular. Parênquíma axial nitidamente visível sob lente, em linhas aproximadas, formando retículo com os raios. Camadas de crescimento delimitadas por zonas de tecido fibroso.

PRINCIPAIS USOS

Construção civil e naval, marcenaria, car-pintaria, tábuas, estacas.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *